O fim do faturamento de contas médicas…

O fim do faturamento de contas médicas…


Uma inovação está mudando o modelo que você conhece de faturamento de contas médicas… PARA SEMPRE

Caro leitor, cara leitora, meu nome é Leandro Spadini.

Não quero invadir sua privacidade com essa mensagem.

Mas eu preciso compartilhar uma inovação que está transformando o modelo de faturamento de contas médicas que você conhece… PARA SEMPRE.

Antes de prosseguir, eu tenho uma pergunta para você.

Você tem algum problema na gestão de suas contas médicas?

  • PERDAS que você não consegue eliminar…

  • Pressão constante com GLOSAS das contas médicas (que são as recusas de pagamento por parte dos planos de saúde)…

  • PRAZO de recebimento dos planos de saúde cada vez mais longo…

  • CUSTOS operacionais crescentes com atividades de checagem e conferência

Talvez você saiba, talvez não, mas estes problemas são comuns ao modelo atual de faturamento de contas médicas… baseado em papel.

Os prestadores de serviços de saúde têm cada vez mais dificuldade para receber os pagamentos dos planos de saúde.

  • R$ 1,47 bilhão foi a perda de receita dos hospitais da ANAHP em 2018, com a recusa de pagamento (glosas) pelos planos de saúde — Associação Nacional de Hospitais Privados (ANAHP)

  • R$ 1,19 bilhão foi a perda de receita dos laboratórios de medicina diagnóstica 2017, com a recusa de pagamento (glosas) pelos planos de saúde — Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica (ABRAMED)

E a má notícia é que as dificuldades de recebimento dos planos de saúde pelos prestadores não param de aumentar!

Essa situação reduz a receita e desestabiliza o fluxo de caixa dos prestadores –  impactando negativamente as suas operações.

Isso não tem mais espaço para continuar…simplesmente porque asfixia financeiramente os prestadores e põe em risco a viabilidade do setor de saúde suplementar (setor privado).

Mas como mudar essa situação que prejudica os prestadores e põe em risco a viabilidade do setor de saúde?

Eu vou te mostrar nas próximas linhas porque o modelo ATUAL de faturamento de contas médicas vai desaparecerpara sempre

…e como uma inovação tecnológica criou o modelo FUTURO de faturamento de contas médicas que

  • … elimina perdas

  • … reduz 5% das glosas

  • … reduz o tempo médio de recebimento em 15 dias

  • … reduz 80% dos custos operacionais com papel e atividades de checagem e conferência

Mas antes de prosseguir, quero me apresentar.

Sou sócio-fundador da MCPartners, consultoria de gestão empresarial dedicada a solucionar problemas complexos do setor de saúde. Tenho 24 anos de atuação profissional e já fui sócio da maior empresa de serviços profissionais do mundo.

Trabalhei em projetos transformacionais para várias importantes empresas, no Brasil e no exterior, trazendo resultados expressivos em crescimento de receita, produtividade e eficiência operacional.

Nos últimos 11 anos eu descobri a minha grande paixão, que é trabalhar pela transformação do setor de saúde do nosso país.

O conteúdo que eu trago nessa mensagem é o MODELO FUTURO de faturamento de contas médicas sem papel, que foi batizado como Faturamento Digital. Essa solução promove importantes benefícios financeiros e operacionais para você e demais prestadores de serviços de saúde.

Antes de eu falar sobre a solução de Faturamento Digital, quero mostrar porque eu acredito não haver mais espaço para o modelo atual de faturamento de contas médicas.

O modelo atual de faturamento de contas médicas é AINDA baseado em papel e (muitas) atividades manuais de conferência, sendo a causa principal da maioria dos problemas comentados anteriormente.

Cada atendimento médico, em um laboratório ou hospital, gera um documento físico constituído por várias folhas — utilizado nos processos de faturamento e auditoria de contas médicas.

Dezenas de milhões desses documentos físicos são gerados, manuseados, alterados, transportados, conferidos e armazenados, anualmente, para viabilizar o faturamento das contas médicas.

As atividades relacionadas aos documentos físicos são duplicadas, sendo realizadas…

  • … nos prestadores – onde os documentos físicos são gerados e enviados aos planos de saúde; e

  • … nos planos de saúde – após receberem caixas e mais caixas de documentos físicos dos prestadores.

A consequência desta movimentação física é uma quantidade grande de documentos perdidos e extraviados, glosas, custos operacionais relacionados ao uso do papel e desperdício de tempo para as empresas.

Os problemas operacionais decorrentes do uso de papel na operação das empresas, não apenas de saúde, mas de todos os setores, são apontados em diversos estudos (ex. Gartner Group e Departamento Americano do Trabalho)…

  • … entre 2% e 5% dos documentos físicos são extraviados ou armazenados incorretamente todos os dias

  • … 1 a cada 20 documentos físicos é perdido

  • … 25 horas são necessárias para recriar documentos não achados

  • … entre 10% e 12% dos documentos físicos não são encontrados na primeira tentativa

  • … 400 horas por ano são empregadas apenas para achar documentos físicos

Esses problemas operacionais decorrentes do uso de papel, são custos desnecessários…

… e essa INEFICIÊNCIA vem se agravando com a crescente utilização dos serviços de saúde pela população e, consequentemente, maior volume de papel.

A Figura 1 mostra que a demanda por serviços de saúde tem crescido em todos os tipos de procedimentos assistenciais, especialmente …

  • terapias — 15,5% ao ano

  • outros atendimentos ambulatoriais (o que inclui consultas e sessões com nutricionista, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional, psicólogo e outros procedimentos ambulatoriais) — 7,9% ao ano

  • exames complementares — 4,0% ao ano

Os planos de saúde têm recusado cada vez mais pagamentos aos prestadores de serviços na saúde suplementar brasileira…

… o que está mostrado na Figura 2, onde é possível notar o aumento na recusa de pagamento aos laboratórios (onde são feitos os exames complementares) e hospitais (internações).

  • Hospitais da ANAHP tiveram aumento de 1,01% nas receitas recusadas pelos planos de saúde (glosas) em 4 anos (de 3,18% para 4,19%) — Associação Nacional de Hospitais Privados (ANAHP)

  • Laboratórios de medicina diagnóstica tiveram aumento de 1,6% nas receitas recusadas pelos planos de saúde (glosas) em 3 anos (de 2,5% para 4,1%) — Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica (ABRAMED)

Os procedimentos assistenciais que são pagos pelos planos de saúde, no entanto, estão levando cada vez mais tempo

… o que está mostrado na Figura 3, onde é possível notar o aumento no tempo médio de recebimento dos planos de saúde pelos laboratórios e hospitais.

  • Hospitais da ANAHP tiveram aumento de 1,64 dias no tempo médio de recebimento dos planos de saúde em 4 anos (de 68,51 dias para 70,15 dias) — Associação Nacional de Hospitais Privados (ANAHP)

  • Laboratórios de medicina diagnóstica tiveram aumento de 7,4 dias no tempo médio de recebimento dos planos de saúde em 3 anos (de 54,5 dias para 61,9 dias) — Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica (ABRAMED)

Essa situação está insustentável porque reduz a receita e desestabiliza o fluxo de caixa dos prestadores – impactando negativamente as suas operações.

O Faturamento Digital de contas médicas é o FUTURO, e o FUTURO é AGORA

O digital é uma inovação tecnológica que transforma modelos de negócio em diversos setores econômicos… inclusive na saúde.

Uma dessas transformações é a solução de Faturamento Digital da MCPartners, que traz enormes benefícios financeiros e operacionais para os prestadores de serviços de saúde

  • Eliminação de perdas decorrentes de transporte de documentos físicos e erros de preenchimento e conferência

  • Redução de 5% das glosas médicas (recusa de pagamento pelos planos de saúde)

  • Redução do tempo médio de recebimento em 15 dias

    • Prestador: as atividades passam a ser feitas em apenas 1 dia

    • Plano de saúde: redução de muitos dias no processo de auditoria de contas médicas (que processa o pagamento dos serviços)

  • Redução de 80% dos custos operacionais relacionados ao uso de papel nas contas médicas — impressão e armazenagem de caixas de papel, pessoal e logística de documentos físicos

Esses benefícios podem sim ser alcançados pela sua empresa, seja você de um laboratório de medicina diagnóstica, hospital ou clínica.

Mas os prestadores não são os únicos que se beneficiam da solução.

Os planos de saúde preparados para receber as contas médicas de forma digital também capturam os benefícios transformadores desse novo modelo. Esses planos estimulam, cada vez mais, os prestadores a migrarem para o modelo do Faturamento Digital.

Estou falando que existe sim um modelo para eliminar de forma definitiva o papel e todos os problemas e custos que ele gera em sua operação de contas médicas.

Estou seguro que você entende os benefícios que essa solução transformadora pode trazer para o seu negócio.

Agora, você pode estar se perguntando se não vale a pena desenvolver por conta própria uma solução de faturamento sem papel em sua operação.

Para eu te ajudar a esclarecer essa dúvida, farei um breve comparativo entre duas formas de implantação de uma solução de faturamento sem papel

  • #1. Adquirir a solução de Faturamento Digital da MCPartners.

    • Solução disponível e em constante evolução pela MCPartners

    • Você conseguirá os benefícios financeiros e operacionais de forma mais rápida e com menor investimento

    • Existem 3 modelos comerciais para facilitar a aquisição da solução de Faturamento Digital da MCPartners, independente dos seus requerimentos técnicos e funcionais

  • #2. Desenvolver internamente uma solução de faturamento sem papel.

    • Você terá que começar do zero e percorrer todo um caminho já trilhado pela MCPartners

    • Requer maiores investimentos da sua parte

    • Você terá que entender e desenvolver os requisitos técnicos de envio de cada um dos planos de saúde

    • Você precisará de uma equipe para desenvolver, manter a operação e assegurar a evolução da solução

O comparativo acima deixa claro que a solução de Faturamento Digital é a melhor opção para o seu negócio.

Se está lendo essa mensagem até esse ponto é porque reconhece problemas no modelo atual de faturamento de contas médicas… e, mais do que isso, quer soluções.

Mesmo que ainda não esteja plenamente convencido que o Faturamento Digital da MCPartners pode ajudar o seu negócio… além de ser a melhor solução disponível de faturamento sem papel…

… eu te convido a percorrer as 2 ETAPAS descritas a seguir.

ETAPA 1. Download GRATUITO do Guia Definitivo de Faturamento Digital

A MCPartners está fornecendo aos prestadores de serviços de saúde, de forma totalmente gratuita, o Guia Definitivo do Faturamento Digital.

Esse Guia apresenta detalhes sobre essa solução inovadora que está transformando o modelo de faturamento de contas médicas e que já está disponível aos prestadores de serviços de saúde.

Para fazer o download do Guia, preencha seu melhor email no campo abaixo e clique no botão em azul chamado “Fazer Download do Guia Grátis”.

Um e-mail de confirmação será enviado para você baixar o Guia gratuito. Caso não o receba em alguns minutos na caixa de entrada do seu e-mail, veja se a mensagem não entrou em sua caixa de Spam (lixo eletrônico).


ETAPA 2. Obter um diagnóstico GRATUITO

O diagnóstico mostra a maturidade do seu negócio para a transformação digital do faturamento de contas médicas. O meu objetivo com esse diagnóstico é te ajudar a entender…

  • … o quanto a sua operação está preparada para o Faturamento Digital?

  • … como implantar o Faturamento Digital em sua operação da forma mais custo efetiva?

  • … quais os próximos passos?

Clique aqui para pedir uma reunião comigo para elaborar GRATUITAMENTE o diagnóstico de maturidade do seu negócio.

Peço que forneça o seu número de telefone e o seu nome de contato, para que alguém da MCPartners entre em contato para agendar a reunião.

É importante saber que, ao pedir essa reunião pessoal, você está apenas demonstrando interesse em conhecer mais a solução de Faturamento Digital da MCPartners para o seu negócio…

… porém, você não está assumindo compromisso comercial algum comigo, nesse momento. Dessa forma, você só tem a ganhar e não tem absolutamente nada a perder.

Comece agora mesmo a sua jornada para o futuro do faturamento de contas médicas… percorra as 2 etapas descritas nessa mensagem

… e não permita que sua operação continue sem os benefícios financeiros e operacionais promovidos pela solução de Faturamento Digital da MCPartners.

A decisão é simples.

Aguardo seu contato.

Leandro Spadini

Sócio-fundador da MCPartners

Open chat
Powered by